Iluminar

Psicologia & Desenvolvimento Pessoal
Ligia Splendore & Sean Blackwell
Rua Pedro Morganti, 76 - Vila Mariana
(11) 98444-9877
São Paulo, Brasil
CNPJ 06.922.653/0001-04

Repensando a Loucura

"Para Repensar a Loucura é necessário aprender a navegar todos os mares e céus."

Por 9 anos mantivemos a rede social Alma Bipolar e ajudamos inúmeras pessoas diagnosticadas com transtorno bipolar a encontrar validação nas suas experiências espirituais. Em 2017 fomos convidados a participar do movimento internacional Emerging Proud cujo objetivo é evidenciar a notável prevalência de experiências espirituais e ou anômalas entre pessoas rotuladas com transtornos mentais. A proposta é que o dia 12 de Maio se torne referência mundial e seja celebrado anualmente como o dia que as pessoas começaram a falar de suas experiências sem medo expandindo a percepção do que é "normal" em todo o mundo. 

Assumindo a representação deste movimento mundial no Brasil, criamos o Repensando a Loucura e incorporamos a nossa rede social Alma Bipolar a este movimento, trazendo esta visão integral para a saúde mental propondo um diálogo mais aberto entre a psiquiatria, a psicologia e as pessoas que tiveram experiências espirituais e/ou anômalas que são tão pouco ouvidas até hoje.

Desde 2017, com ajuda de colaboradores temos disponibilizado informações sobre esta temática online; mantido grupos de apoio via facebook e whatsapp; realizado encontros mensais trazendo novos recursos para podermos falar, compreender e lidar melhor com essas experiência; assim como  organizado eventos anuais internacionais gratuitos.

 

Doze países participaram da campanha em 2017 e dez países em 2018. Nesses eventos realizamos pesquisas que confirmam a necessidade de maior abertura para podermos aprofundar esses temas, assim como a importância de criar oportunidades onde podemos acolher nossas experiências sem julgamento, com mais compaixão e amor. 

Infelizmente, até hoje não existem critérios diagnósticos para diferenciar estas experiências dos transtornos mentais, mas cada vez mais pesquisadores reconhecem a existência de uma sobreposição de sintomas e a necessidade de mais estudos nesta área. O apoio mútuo entre pessoas que passam pela mesma experiência é o primeiro passo para ampliarmos a forma como nossa sociedade tem lidado com esses fenômenos. Um dos objetivos da ILUMINAR é fortalecer esses grupos de apoio para que eles possam ter sua própria voz para ser ouvidos em suas reais necessidades. 

Acesse o site do movimento para saber mais: